segunda-feira, 25 de junho de 2012


"Eu pinto meus caminhos, cavo meus túneis e invento minhas pontes, eu não sei bem para onde o destino vai me levar, mas acredito que vai ser gostoso chegar...
Confio em Deus e acredito na boa batalha... Pensando assim, nada me intimida ou atrapalha...
A minha estrada foi definida para que eu fosse bem sucedida, obstáculos e pedras no caminho podem momentaneamente o resultado comprometer, o sorriso entristecer, o caminho obstruir, fazer uma lágrima ou outra cair... Mas não vão me destruir... Nem me fazer desistir. Mesmo que em algum momento eu esteja muito ferida... Cansada, sofrida... Desiludida.
...... Tenho coragem, esperança, amor, força e fé. Com essas armas não sairei vencida...
Não me subestime e não se engane, não é fácil me vencer, não esqueça, sou guerreira, sou mulher..."

5 comentários:

Graça Pereira disse...

Um texto lindo e...prometedor!
Beijocas
Graça

Álvaro Lins disse...

Um belo texto que tem exige ser continuado:)!
Bjo

Cidinha disse...

Olá, Paulinha. Saudades! Que lindo texto. È isso ai menina!Ter coragem fé e esperança. Ser guerreira e com amor jamais será vencida. Obrigada pela partilha! Agradeço o carinho da visita. Volte sempre! Um feliz fim de semana. Beijos!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Paula
Ser mulher, a excluída de outrora e a reconhecida de hoje...
Deus te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
Bjs festivos de paz

O Profeta disse...


Este pensador, viajeiro entre Sois
Esta Ave pousada em mil embarcações
Esbarco que passa sem vela ou remo
Esta arca repleta de vibrantes emoções

Esta mestiça flor de açafrão
Este ramo de espinhos cravados na mão
Esta alma que não ousa largar opinião
Este homem vestido de solidão

Bom domingo

Doce beijo

Postar um comentário